Guamaré implanta processos 100% digital
última notícia 23/10/19

Guamaré implanta processos 100% digital

Guamaré implanta processos 100% digital

A transformação digital como forma de melhorar o serviço prestado aos cidadãos foi adotada pela gestão municipal de Guamaré. Na manhã desta terça-feira, 22, o prefeito Adriano Diógenes apresentou a plataforma Guamaré Digital, durante solenidade que aconteceu na Câmara Municipal.

“É uma tendência global que tem trazido soluções para problemas pontuais como uma lâmpada queimada na rua até a assinatura de grandes contratos”,

destacou o prefeito Adriano Diógenes, logo após assinar o decreto, já na plataforma digital, que instituiu a Comunicação Eletrônica no âmbito do Município de Guamaré.

“Venho aqui parabenizar a iniciativa do município pela virtualização dos seus processos administrativos, esperando que isso possa contribuir significativamente para a melhoria dos serviços públicos de Guamaré”,

destacou o Promotor de Justiça da 2ª Promotoria de Macau, Mac Lennon Leite, presente na solenidade.

Para o Secretário de Municipal de Administração, o município de Guamaré vive uma “ruptura cultural”. A nova plataforma vai trazer uma economia anual para o município em torno de R$ 800 mil reais ao ano, além de outros benefícios como agilidade, segurança na informação e acesso rápido e prático do cidadão aos serviços públicos municipais.

A plataforma Guamaré Digital elimina a necessidade de o cidadão ter de ir às repartições para solicitar, por exemplo, a requisição de um alvará, uma licença ambiental e fazer reclamações referentes aos serviços. Também dá fim à necessidade de uso de papel e de manutenção desses documentos.

“O processo eletrônico traz segurança na tramitação processual e acaba com problemas, como por exemplo, de extravio e perda de documentos”,

destacou o Secretário de Administração, Marcondes Paiva, enaltecendo que o município dá um passo que não pode mais voltar atrás, quando acompanha uma tendência global, que muda as prioridades dos gestores, reduzindo custos e a burocracia no serviço público.

Vice-Presidente da Alfa Group – Parceira comercial da 1Doc-empresa responsável pela implantação da Plataforma Guamaré Digital, Antônio de Farias Neto, fez uma explanação acerca das vantagens e benefícios da ferramenta digital e apresentou cases de sucesso de várias cidades, onde a plataforma já é uma realidade, a exemplo de Aracaju (SE).

o que falam de nós

Confira outras notícias

Programa de Compliance: A importância de garantir as boas práticas e evitar irregularidades nas empresas

Programa de Compliance: A importância de garantir as boas práticas e evitar irregularidades nas empresas

Com mais de 10 anos de atuação, Alfa Group implanta sistema e treina colaboradores para identificar e denunciar situações de violações ao Código de Ética e Conduta

O Alfa Group, composto pelas empresas Alfa Inteligência e Sogo Tecnologia, é conhecido em todo o Nordeste pela sua atuação nos mercados de Pesquisa e Tecnologia, mas também figura no mundo empresarial como referência em gestão de pessoas, ambiente de trabalho, boas práticas e cultura organizacional. Agora, a holding também conta com um Programa de Compliance, que teve início nesta segunda-feira (21) com treinamentos para os colaboradores e parceiros.

Compliance vem do verbo em inglês to comply. Mais do que estar em conformidade com as leis, o compliance exige que a organização assuma compromissos com a conduta baseada em elevados padrões éticos e agendas relevantes, como diversidade, equidade e inclusão, as quais uma vez formalizadas em suas políticas internas devem ser cumpridas com a mesma obrigação. É uma ferramenta de governança que auxilia gestores na tomada de decisão baseada em risco, consolida boas práticas e reforça atitudes íntegras, garantindo ainda mais transparência às tratativas comerciais, notadamente, o relacionamento com os agentes públicos e instituições parceiras, importante parte interessada do grupo, alinhando a integridade ao DNA das operações de pesquisa e soluções de tecnologia.

Segundo Joelma Aquino, Diretora Administrativa e Financeira do Alfa Group, para que o programa fosse colocado em prática, ao longo dos últimos meses, membros da equipe Alfa Group viveram os valores da organização. Eles foram integrados ao Comitê de Ética e Compliance e, a cada encontro, levantaram e elencaram os riscos relevantes para as operações, e como incorporar os mais altos padrões de comportamento ético relacionados aos seus setores na empresa, a fim de compreender cada ponto de melhoria e socializar com os colegas até sobre as pequenas atitudes do dia a dia.

“Para garantir um ambiente de liberdade e flexibilidade, a gente precisa assegurar que está todo mundo bem alinhado, que o nosso propósito e os nossos valores estão em consonância com nossas ações, sobretudo no que diz respeito à conduta e a ética que a gente espera de todo mundo que trabalha com a gente”, explica Miguel Borges, Diretor da Sogo Tecnologia, que no mês de julho recebeu o certificado Great Place to Work (GPTW) 2022 (traduzido como Melhores Lugares para Trabalhar).

Próximos passos

Para dar clareza, transparência e incentivar a adequação ao Programa de Compliance do Alfa Group, o grupo, com o suporte da Compliance Officer, Clarissa Lima, vai promover periodicamente momentos de discussões, treinamentos, debates, vivência das políticas internas e reforço da cultura corporativa para consolidar a marca no mercado com integridade.

Além disso, para facilitar a comunicação, garantir segurança, sigilo e anonimato, para quem desejar, em ocasiões em que violações ao Código de Ética e Conduta ou das políticas internas precisem ser reportadas, os colaboradores, clientes e sociedade podem usar a Linha Ética para enviar seus relatos.
O canal de denúncia, gerido por empresa externa especializada, é integrado à plataforma de gestão do programa de compliance, onde serão conduzidas as apurações pelo setor de Compliance.

Missão, visão e valores

Ainda de acordo com os gestores, a implantação do programa auxiliará a empresa a estar em sintonia com sua missão de impactar a vida das pessoas e organizações através de soluções assertivas que unem estratégia humana e tecnologia para garantir inovação e processos inteligentes, como também no objetivo de ser referência no Brasil em pesquisas assertivas e soluções inovadoras de transformação digital e na promoção dos seus valores que vão desde o sucesso do cliente, foco no resultado até a valorização do pessoal.

Mais da metade dos pernambucanos devem comprar ovos de páscoa este ano, segundo pesquisa

Mais da metade dos pernambucanos devem comprar ovos de páscoa este ano, segundo pesquisa

Levantamento ouviu 1.400 pessoas em todas as regiões do estado do Pernambuco

Mais da metade dos pernambucanos planejam comprar ovos de Páscoa este ano, segundo pesquisa realizada pela Alfa Inteligência em todo mês de março. O levantamento detalha que 42% dos entrevistados vão realizar a compra, enquanto 14% ainda estão indecisos.

Ainda de acordo com a pesquisa, 43% das pessoas ouvidas na entrevista afirmam que não têm intenção de compra. Foram ouvidas 1.400 pessoas com mais de 16 anos em todas as regiões do estado.

JOVENS
Metade das pessoas que pretendem comprar ovos de Páscoa, ou estão indecisos, afirmam que devem comprar até três itens. Entrevistados entre 16 e 24 anos tiveram maior intenção de compra (44%), seguidos de pessoas entre 25 e 34 anos (46%), 35 e 44 anos (45%). A faixa etária com menor intenção de compra é a de pessoas com idades entre 60 a 69 anos, com 33%.

Levando em consideração o nível de escolaridade, o desejo de compra é maior entre pessoas com nível superior (50%), seguidos de entrevistados com ensino médio completo ou incompleto, com (43%), fundamental (41%), e analfabetos (37%). Entre a população analfabeta, 51% dos entrevistados responderam que não devem comprar ovos de Páscoa. Já 44% das pessoas com nível fundamental e 40% com nível médio também afirmaram que não pretendem comprar ovos de chocolate este ano.

MARCAS
A pesquisa também realizou um levantamento sobre as marcas de chocolate mais lembradas pelos pernambucanos. A Nestlé é a mais lembrada com 24%, seguida pela Cacau Show, 22%, e por fim Garoto, com 18%. Apesar de os ovos chegarem este ano com preços mais elevados do que em 2021, uma vez que acompanharam a alta de diversos outros itens, muitos pernambucanos pretendem deixar o feriado mais doce.

Pesquisa aponta que 38% dos paraibanos devem comprar ovos de Páscoa este ano

Pesquisa aponta que 38% dos paraibanos devem comprar ovos de Páscoa este ano

Metade das pessoas que pretendem comprar ovos de Páscoa ou estão indecisas afirmam que devem comprar até três itens

Mais da metade dos paraibanos planeja comprar ovos de Páscoa este ano, segundo pesquisa realizada pela Alfa Inteligência entre o fim de fevereiro e começo de março, divulgada nesta quarta-feira (7).

O levantamento detalha que 38% dos entrevistados vão realizar a compra, enquanto 15% ainda estão indecisos e se configuram como público potencial.

Conforme a pesquisa, 46% das pessoas ouvidas na entrevista afirmam que não têm intenção de compra. Foram ouvidas 1.005 pessoas com mais de 16 anos em todas as regiões do estado.

Metade das pessoas que pretendem comprar ovos de Páscoa ou estão indecisas afirmam que devem comprar até três itens.

Entrevistados entre 16 e 24 anos tiveram a maior intenção de compra (43%), seguidos de pessoas entre 25 e 34 anos e 35 e 44 anos, com 41% respectivamente. A faixa etária com menor intenção de compra é a de pessoas acima de 70 anos, com 27%.

Levando em consideração o nível de escolaridade, o plano de compra é maior entre pessoas com fundamental completo ou incompleto, com 42%, seguidos de entrevistados com nível superior, (39%), Ensino Médio (38%) e analfabetos (33%).

Entre a população analfabeta, 51% dos entrevistados responderam que não devem comprar ovos de páscoa, enquanto pessoas com nível fundamental e médio registraram 45% cada.